terça-feira, 24 de janeiro de 2012


Cavernas (Luiz Carlos)




Cavernas
Muitas são as situações que, podem nos empurrar para uma caverna.
Fugimos por estarmos cansados, ou com medo, ou depressivos...                                                             
Elias foge... deixa seu ajudante em Berseba, e,  vai ao Monte Horebe *Monte Sinai*, hoje conhecido como Jebel Musa.
O mesmo monte, onde Deus falou com Moisés, enquanto uma sarça ardia.
Quando Moisés, pergunta a Deus, qual o seu nome, a resposta foi *Asher eye Asher*.
Que segundo a ordem da sintaxe hebraica significa, *Serei o que Serei*. Era Deus dizendo,
*Serei tudo o que for necessário, conforme a ocasião*.  Ali diante de Deus, Moisés teve de enfrentar seus medos. Lá no Monte Horebe, Moisés é chamado para ser *profeta*.
Lá no Horebe, Elias vai como *profeta*.
Moisés resiste para não ir.
Elias, já não quer continuar.
Moisés e Elias se desnudam diante de Deus.
Falam de seus medos, suas fraquezas..., porém, quanta coragem, de se despirem diante de Deus. É isso que precisamos fazer. Falar com Deus, dos nossos medos, fraquezas, decepções...
Deus pede para Elias sair da caverna. Ao sair, o monte é acometido por um forte vento.
Assim é a nossa vida, de repente, um vento forte vem, para abrir fendas e despedaçar, aquilo que parecia tão forte a nossa volta.
Passado o vento, vem um terremoto, abalando nossos alicerces e as colunas de nossa vida.
Termina o terremoto, e vem um fogo, queimando, ardendo, transformando em cinzas, muitos planos.
Mas, os que confiam no Senhor serão como os montes de Sião, que não se abalam, mas, permanece para sempre.
Sl. 107.29, *Deus* fez cessar a tormenta.
Até Davi, se escondeu em uma caverna... Sabe por quê?  Moisés, Elias e Davi, eram apenas homens, iguais a mim e você.
Elias achou ser o *ultimo profeta*, porém, Deus lhe responde que não. Havia sete mil, que não se dobraram perante baal. 2 Co. 4.7 diz, *Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós*.
As lutas continuarão sim. Mas lembre se, 1 Co. 4.9, *Perseguidos, mas não desamparados, abatidos, mas não destruídos.

É fácil falar de Elias, Moisés e outros. Difícil é fazer o que eles fizeram!