domingo, 20 de outubro de 2013

O Evangelho da Prosperidade - C.Buchanan


Davi escreveu: "Pois eu tinha inveja dos soberbos, ao ver a prosperidade dos ímpios... até que entrei no santuário de Deus: então entendi eu o fim deles" (Sl 73:3,17). Existem pessoas que estão pregando hoje o evangelho da prosperidade material. Outro que costuma ser chamado de evangelho, é o "evangelho social". A Palavra de Deus é categoricamente contra tais coisas. Aos Gálatas e a nós foi escrito: "Maravilho-me de que tão depressa passásseis dAquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho. O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo" (Gl 1:6-7).


Um irmão escreveu que "numa época como esta em que vivemos, quão importante é podermos pregar o simples evangelho encontrado na Palavra de Deus. 'Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie.' O Brasil está passando por muitas mudanças no campo religioso. Não faz muito tempo que este era um país extremamente católico. Mesmo sendo um país católico em sua maioria, o Brasil tem a maior população espírita do mundo. Grande parte dos católicos frequenta também reuniões espíritas.
Existe no pentecostalismo hoje uma forma de religião das mais perniciosas e que se espalha rapidamente. Ela usa a Palavra de Deus, professa as doutrinas básicas do cristianismo, mas não apresenta o evangelho da graça de Deus. Estão pregando um evangelho de prosperidade material. Multidões estão seguindo esses pregadores, em busca de dinheiro e de uma vida saudável e feliz neste mundo. 'Jesus Cristo é Rei', é a bandeira deles, e pregam que se você for às suas igrejas poderá conseguir tudo que desejar. Tentam fazer do Senhor um servo deles. Não se oferece a cruz, o sangue ou o perdão de pecados."
Pedro pergunta: "Qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?" (1 Pd 4:17). Sabemos qual é a resposta a esta pergunta, do mesmo modo como Davi aprendeu a resposta quando entrou no santuário e viu a prosperidade dos ímpios e qual foi o fim deles.
Além de tudo isso, cremos que um dos maiores impedimentos para os verdadeiros crentes é serem levados pelo desejo de prosperidade neste mundo. A consequência é que o Senhor acaba não tendo o Seu lugar de direito em seus corações e em seus lares.
Devemos perguntar a nós mesmos: O que estamos buscando neste mundo - ganhos materiais ou o gozo da presença do Senhor? Será que a comunhão com Ele é o desejo maior de nosso coração?
Há uma passagem sobre isto que é clara e verdadeira tanto hoje como sempre: "Buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (Mt 6:33). Há outra promessa que talvez venha a lhe surpreender: "A vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nEle, como também padecer por Ele" (Fp 1:29).
C.Buchanan, Christian Treasury, Fev. 96.