domingo, 13 de outubro de 2013

Uma Avaliação Meramente Legalista - J.N.Darby

Devemos nos precaver da mera recusa de ocuparmos um lugar neste mundo, só por sabermos que isto é errado, em virtude de sermos seguidores d'Aquele que foi rejeitado. Uma avaliação meramente legalista do que é certo nunca pode durar. 
Uma coisa pode ser bem certa, mas pode não haver estabilidade nela por não existir poder para subjugar a carne em meramente fazer o que se sabe ser certo. Com a lei havia o senso de obrigação, mas a lei não colocava diante de nós um objeto para atrair nosso coração; não nos trazia Deus e nem nos levava a Deus. Aquele sentimento duradouro de que nada somos e que Deus é tudo.


Muitos começam com muita energia e conquistam uma certa posição que é, em si, correta. Mas se for o legalismo a fonte disso, não haverá poder para perseverar, pois aquilo que é conquistado sob a lei, com toda a certeza acabará por se perder na carne.
Quando é Deus o objeto, contentamo-nos com um lugar humilde aqui. Ele próprio nos conduz, e, não importa o que seja, se o coração e as afeições estiverem colocadas nEle, aquilo que a princípio parecia difícil deixa de ser um esforço para nós, à medida que formos prosseguindo.
 Seu amor, que nos atraiu e nos deu logo poder para ocuparmos tal posição, torna-se cada vez mais brilhante, quando é melhor, e por mais tempo, conhecido, e aquilo que a princípio era feito com tremor, torna-se fácil pela crescente coragem.
A única coisa que pode nos capacitar a seguirmos adiante é termos Cristo como o Objetivo diante de nós, e é só na proporção que O temos assim é que podemos ser felizes. Pode haver mil e uma coisas nos atormentando se dermos importância ao ego; e deixarão de nos importunar de vez, se o ego não estiver ali para ser atormentado.
As paixões da carne não irão nos embaraçar se estivermos andando com Deus. Quantos problemas arranjamos quando não andamos com Deus e pensamos só em nós mesmos! Não existe libertação como quando não temos importância alguma aos nossos próprios olhos. Então podemos ser felizes de verdade diante de Deus.

J.N.Darby- A Mere Legal Estimate - Chistian Treasury, Ago. 95