domingo, 31 de maio de 2015

O Evangelho de Satanás


Por Fernando Carvalho
Ele está por todos os lados, sendo domingo após domingo pregado e reverenciado por muitos. Ele é atrativo, estremece a carne, emociona o coração e deixa a mente em êxtase! Faz o homem se sentir poderoso, faz pastores arruinarem a fé de vários (inclusive a própria). Faz nascer desastrados ministérios que desonram blasfemam do evangelho de Jesus Cristo, arrastando multidões de iludidos. Faz o movimento gospel faturar milhões de reais para honra, glória e poder dos ventres insaciáveis dos magnatas de púlpitos.
Sim esse é o evangelho de Satanás, um legado que seduziu o homem no Éden e quis seduzir a Cristo no deserto. Ele busca colocar no centro dessa maldita mensagem a satisfação própria dos que são enganados por ele. Me basearei no texto da tentação de Mateus capitulo 4 para descrever as ações dessa mentirosa mensagem proferida em alta voz hoje, no movimento evangélico mundial.

Primeiro ponto:  Unicamente Satisfazer as necessidades individuais.

"Se tu és filho de Deus mande que essas pedras se transformem em pães".
Mateus 4:3
A mensagem central desse falso evangelho e impulsionar as pessoas a buscá-lO para satisfazer unicamente a própria necessidade e de maneira apressada desobedecer a vontade de Deus, uma vez que se Jesus tivesse atendido essa proposta baseada em uma nescessidade de primeira ordem (fome), teria contrariado a ordem da missão do Pai, e seria um rebelde. Lógico que Jesus não faria isso jamais, porém é o que mais vemos dentro das igrejas: pessoas decretando por serem "filhos de Deus" uma enxurrada de vontades próprias como motivo de buscar a face de Deus, se rebelando contra a vontade do Senhor.

Segundo ponto: Usar textos isolados e distorcidos, tendo a pretensão de achar que Deus é obrigado a agir segundo os meus impulsos.

“Se és o Filho de Deus, joga-te daqui para baixo. Pois está escrito: Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, e com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra”.
Mateus 4:6
Faz-se preciso esclarecer algo a respeito desse versículo. Satanás tem agido nas pregações e orações da igreja, quando a palavra de Deus é citada para um fim próprio de quem ora, ou prega, mas na verdade é distorcida para essa finalidade e ainda por cima revela um coração arrogante e presunçoso. Deus jamais nos ensinou a reivindicar a sua autoridade, mas sim, pedirmos humildemente a Sua vontade (Seja feita a sua vontade assim na terra, como no céu - Mateus 6:10).
O versículo é distorcido por que o salmo 91, diz que essa guarda de Deus aconteceria em toda a caminhada de Cristo no propósito da missão e jamais tentando os poderes de Deus, quando jogar-se do penhasco não estavam nos decretos do Senhor. Na verdade Satanás queria que Jesus se revelasse o Cristo antes do Tempo e assim não haveria cruz para remissão dos pecados. Hoje o que vemos são pessoas interessadas em suas próprias vontades, querendo fundar ministérios particulares longe da vontade de Deus porém dentro da própria vontade, provando de uma glorificação corruptível.

Terceiro ponto: A adoração que promove a conquista.

“Depois, o Diabo o levou a um monte muito alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e o seu esplendor e lhe disse: Tudo isto te darei, se te prostrares e me adorares”.
Mateus 4: 8,9
Esse é o ponto mais contundente do evangelho satânico. A adoração que promoverá as “bênçãos", conquistas, prestígios, sucesso e domínio. Essa foi a frase usada pelo Diabo queridos leitores. É a frase do momento na boca do movimento evangélico brasileiro. Buscar uma excelência de reinado que não foi ensinado pelo Senhor. Na verdade o Senhor em seu ministério foi SERVO e acredito não precisar biblicamente provar essa afirmação.
As adorações por interesse daquilo que Deus pode fazer, na verdade é a FALSA promessa do que o Diabo ofereceu a Cristo! Se ensina que você deve ser fiel na adoração financeira, assim Deus lhe abençoará transbordando os celeiros com carros, casas, casamento, empregos, poder. Não, caros leitores! Isso não é promessa bíblica para a igreja. Geralmente essa falsa promessa é avalizada com textos do antigo testamento levando em conta a prosperidade de Israel. Irmãos a consequência do Israel próspero financeiramente é um Israel desgraçado espiritualmente, onde é o caso das pessoas que querem adquirir os reinos deste mundo!
O Evangelho de Satanás tem sido utilizado por falsos profetas a fim de gerar impérios, promovendo falsas promessas no tempo presente, gerando bodes rebeldes e indiferentes à vontade do Senhor. As Igrejas viraram programas de auditórios, com palestrantes usados por Satanás, a prometerem conforto, vitória, prosperidade e isso tudo nos Reinos deste Mundo.
Fujam dessa farsa! O Senhor Jesus é quem porta as fiéis bênçãos para igreja, baseada em uma glória incorruptível, reservada aos eleitos santos no Senhor. Desfrutaremos de uma riqueza que nem temos ideia do que seja, para que o homem em sua presunção, não pudesse tentar imitá-la em suas falsas deduções.
Sim, ao único e sábio Deus seja dada Glória, por intermédio de Jesus Cristo, para todo o sempre. Amém! (Romanos 16:27)