sexta-feira, 22 de maio de 2015

Satanas nao pode tocar no crente?


Você viu uma frase motivacional, dessas que circulam nas redes sociais, que dizia: "'Filho, você não sabe quantas vezes o inimigo quis te destruir, mas tu és meu, e o que é meu ele não toca' - assinado Deus". A ideia de sermos imunes aos ataques de Satanás não bíblica, e o primeiro exemplo que me vem à mente é o de Jó, um homem temente a Deus que recebeu autorização de Deus para ser afligido por Satanás.

O autor da frase que você leu provavelmente tenha se baseado em 1 João 5:18, que diz: "Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca." Mas a passagem fala daquilo que é gerado por Deus, ou seja, da nova natureza que agora possui aquele que foi salvo. Esta realmente não pode ser de modo algum tocada ou influenciada pelo maligno pois é uma natureza que vem de Deus e nada tem a ver com a velha natureza que continua habitando em nós.

Essa nova natureza, que possuem apenas aqueles que creram em Jesus Cristo, em sua divindade e obra segundo as Escrituras, também é incapaz de pecar, tem suas orações que estejam em conformidade com a vontade de Deus ouvida, vence o mundo etc., como o próprio apóstolo João diz:

"Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido...  Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé... Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida... E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve... Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca."(1 Jo 5:1-21).

Mas no sentido de nosso ser ainda neste corpo não ressuscitado e vivendo no mundo, é possível sim sermos afligidos pelo diabo, mas para isso ele precisará passar pelo céu e obter uma autorização de Deus, como foi no caso de Jó (veja Jó capítulos 1 e 2). O diabo peneirou a Pedro, por quem Cristo intercedeu, criou perseguições e dores aos apóstolos e certamente ainda hoje aflige os cristãos em todo o mundo. Todavia, mesmo em meio à mais feroz perseguição, dor física e sofrimento mental a nova natureza que temos em nós permanece intacta e não pode ser tocada pelo maligno.

Deus permitiu que Paulo recebesse algum tipo de aflição física para não se gloriar, portanto Satanás pode sim tocar o corpo do crente: "E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar." (2 Co 12:7).

Paulo determinou que o transgressor de 1 Coríntios 5 fosse "entregue a Satanás para destruição da carne", o que significava que ele seria morto por Satanás embora seu espírito estaria salvo. "...seja entregue a Satanás para destruição da carne, para que o espírito seja salvo no dia do Senhor Jesus."(1 Co 5:5).

Portanto é preciso cuidado com frases motivacionais que parecem ter fundamento cristão, mas não têm. O objetivo delas é desacreditar a Palavra de Deus, pois quando achamos que elas são verdadeiras acabamos um dia nos decepcionando por não ter dado certo e acharemos que é a Palavra de Deus que está errada.

por Mario Persona