segunda-feira, 28 de setembro de 2015

O MISTÉRIO DO CRESCIMENTO - Mc 4:26-29


Esta é uma parábola exclusiva de Marcos.
Esta parábola é singular, pois ela carrega o mistério do Crescimento do Reino em nós.
É uma analogia ao crescimento do Reino em nós. Precisamos perceber que o Reino exige de nós certos estágios, certas demandas, de tempos em tempos.

Nós jamais podemos agir sempre do mesmo modo, em nossas vidas. Deus espera de nós cada vez mais atitudes de ousadia e intrepidez. Nós estamos crescendo todos os dias. Todos os dias Deus espera um desenvolvimento em nós.

Deus estabelece em nós o crescimento.O REINO DEMANDA DESENVOLVIMENTO.
1Co 3:6 Eu plantei, Apolo regou, mas Deus é quem fez crescer.
1Co 13:11 Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.
2Co 9:9-11 Como está escrito: “Distribuiu, deu os seus bens aos necessitados; a sua justiça dura para sempre”.Aquele que supre a semente ao que semeia e o pão ao que come, também lhes suprirá e multiplicará a semente e fará crescer os frutos da sua justiça. Vocês serão enriquecidos de todas as formas, para que possam ser generosos em qualquer ocasião e, por nosso intermédio, a sua generosidade resulte em ação de graças a Deus.
2Pe 2:38 Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém.

O MISTÉRIO DO CRESCIMENTO

Os três estágios do crescimento:
A Erva: O reino oculto. O milagre que está sendo gerado dentro de nós. A atividade do Espírito Santo em nossa vida de forma reservada. Uma ação que não é por nós entendida.
Quando a semente é lançada, logo começa uma ação (ERVA) uma manifestação interior, um desejo interno de mudança, um incômodo (algo está crescendo por dentro).

A Espiga: O reino manifesto. É o período em que passamos a experimentar a glória de servir ao Senhor. É quando Deus nos estabelece como autoridade e para autoridade.
A semente toma forma de maneira visível. Suas folhas e formato começam a ser desenhados.
As pessoas começam  a perceber suas características. Mas ainda falta a maturação.

O grão cheio de Espiga: O reino majestoso. É o período glorioso, o estágio em que Deus liberará o melhor do seu Reino para os redimidos dele. A prosperidade de todas as coisas.
A maturidade, o fim do preparo. O exercício de suas habilidades. O momento certo da maturação não é determinado pelo relógio do homens, mas pelo processo de Deus.
Este é o grão preparado para a colheita, para a abundância, para o resultado.

Quem é quem na parábola:
  • O semeador: É aquele quem Deus usa para lançar a semente (palavra). Vs 26-27
Ele prosseguiu dizendo: “O Reino de Deus é semelhante a um homem que lança a semente sobre a terra. Noite e dia, estando ele dormindo ou acordado, a semente germina e cresce, embora ele não saiba como.
- O semeador espera o processo natural das coisas acontecerem no solo.
- Existem momentos em que a vida espiritual parece rotineira e simples demais.
- O semeador não sabe como a semente cresce. Qualquer interferência pode ser catastrófica. Isso é uma alteração do crescimento natural.
  • Semente: a Palavra de Deus. O Rhema de Deus em nossa vida.
  • O solo: O coração dos ouvintes (quais são os nutrientes do solo que fazem com que a semente (palavra) germine?
- Solo Fértil – Com bons nutrientes.
- Solo Árido – Sem força ou vigor para fazer crescer.
Deus nos deu o poder para criar ou para destruir. A história do pai alcoólatra e drogado e de seus dois filhos: O que você esperaria de um mim diante de um pai como o que eu tive?
A forma como enxergamos para a nossa vida nos dá a capacidade de sermos pessoas doentes ou pessoas saudáveis. 
Mt 6:22-23 “Os olhos são a candeia do corpo. Se os seus olhos forem bons, todo o seu corpo será cheio de luz. Mas se os seus olhos forem maus, todo o seu corpo será cheio de trevas. Portanto, se a luz que está dentro de você são trevas, que tremendas trevas são!
- A terra por si mesma frutifica, sem uma intervenção maior do que lançar a semente. (Por si mesmo (gr. Automate = automática) O Reino de Deus é automático. Ele acontecerá em nossas vidas apesar de nossas limitações e tribulações.

Princípios espirituais para a sua vida.
  1. O seu crescimento vai depender mais de suas raízes do que aquilo que aparece pra fora.
  1. O crescimento não é produto do esforço humano, mas da vida com Deus.
  1. Recuse-se a estar dentro da média geral.
  1. Se você não está crescendo é porque você não está saudável.

Esta parábola de Marcos nos dá certeza que seremos transformados e cresceremos para um propósito maior, um alvo excelente que Deus tem reservado para nós.