terça-feira, 15 de setembro de 2015

studo Textual: Marcos 1 O Evangelho Segundo Marcos

Para o homem moderno a expressão “Rei Servil” parece uma contradição de termos. Pensar que alguém de uma família real iria curvar-se para lavar os pés de outra pessoa, iria aturar o ridículo sem hostilidade ou iria definitivamente morrer por aqueles que o odiavam, não está de acordo com o nosso conceito de que é ser um Rei.  
Porém Marcos nos mostra quem possui estas qualidades: nosso Senhor Jesus Cristo. Neste breve, porém enérgico evangélho, Marcos apresenta Cristo como Senhor, Servo e Rei usando exemplos bem selecionados da própria vida de Cristo. Uma série de estudos sobre o livro de Marcos será apresentada nesta primeira edição, continuando nas próximas onze. O objetivo dessa série de estudos é o entendimento completo e a apreciação para com o nosso Rei Servil e de ver a necessidade de devoção a ele.  
Primeiro Capítulo  
1:1-8   Omitindo a origem e detalhes do nascimento, Marcos de imediato enfoca no ministério de Cristo, começando por João. Mostrando o desempenho das profecias feitas por Isaías e Malaquias, Marcos identifica João como o precursor de Cristo. A atitude de João o retrata como um exemplo valioso de humildade para com o homem moderno.  
1:9-13    Dois acontecimentos na vida de Cristo estão resumidos aqui. Em três versículos, Marcos registra o batismo de Cristo e mostra a satisfatória reação do Pai. Marcos também resgistra a tentação de Cristo por Satanás. Por resistir à tentação, Cristo se prova digno de honra e confiança.  
1:14-20   Sabendo que a obra deve começar e também continuar após sua morte, Cristo começa a escolher seus apóstolos. Ele escolheu os quatro primeiros apóstolos, que eram humildes pescadores: Pedro, André, Tiago e João.  
1:21-45  Cristo usou muitos milagres para se revelar e demonstrar sua autoridade. Um relato de três específicos milagres é dado aqui. Nos versículos 32 à 39, encontramos outros numerosos milagres mencionados. Para aqueles que viram esses milagres pessoalmente e para aqueles que lêem sobre eles hoje, esses relatos claramente mostram o poder e a preeminência do nosso Rei Servil.