sexta-feira, 16 de maio de 2014

O Espirito Santo esta' ansioso?


Sim, nós nos esquecemos de que o Espírito Santo que habita em nós também está ansioso para partir deste mundo. Assim como cada crente em Jesus, o Espírito Santo é também, por assim dizer, um expatriado, alguém que vive e trabalha longe de seu país de origem. Ele desceu ao mundo para habitar na igreja e em cada crente individualmente, portanto posicionalmente ele está fora de seu lugar de origem, que é o céu. Se você se entristece vez ou outra por viver aqui, imagine o Espírito Santo de Deus!



Portanto, não estamos sozinhos nessa espera e expectativa pelo dia do arrebatamento, quando Cristo virá buscar sua igreja. Ficamos nos perguntando por que razão o Senhor demora. Mas saber que o Espírito Santo está aguardando junto conosco é mais ou menos como se o voo tivesse se atrasado e precisássemos enfrentar longas horas de espera num aeroporto cheio de gente estranha. Mas aí olhamos para o lado e ali está um AMIGO que ficará conosco até a hora do embarque e embarcará junto! O Espírito Santo! Ele também não vê a hora de embarcar.

Joã_14:16-14 "E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco e estará em vós."

Efs 1:13-14 "Em quem [Cristo] também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória."

Em seu livro "Acontecimentos Proféticos", Bruce Anstey explica melhor o que acontecerá com o Espírito Santo no arrebatamento da igreja:

O Espírito de Deus, na forma como age atualmente, também será tirado da terra (2 Ts 2:6-7). Hoje Ele habita na Igreja que está na terra -- a Igreja é Sua habitação. O Senhor prometeu que, uma vez que tivesse vindo para habitar na igreja, o Espírito jamais a deixaria (At 2:1-4; 1 Co 12:13; Jo 14:16).

Quando a Igreja for chamada para a glória, o Espírito Santo sairá deste mundo para nunca mais vir aqui habitar. Isto não significa que o Espírito deixará de trabalhar sobre a terra, porém daquela hora em diante Ele fará Sua obra neste mundo a partir de Seu lugar no céu, como fazia antes do Pentecostes (na época do Antigo Testamento). Ele continuará a operar em uma diversidade de ações (Ap 1:4), como na vivificação das almas, etc.

Alguns poderiam perguntar: "Como podemos saber quando o Espírito será tirado?" Cremos que as passagens a seguir deixam claro que isso acontecerá por ocasião do arrebatamento (Jo 14:16, 17). Na noite em que foi traído, o Senhor prometeu a Seus discípulos que quando o Espírito de Deus viesse para fazer morada na Igreja (Atos 2), isto seria para sempre. Quando a Igreja for chamada para fora deste mundo no arrebatamento, o Espírito de Deus irá junto, pois o Senhor disse que Ele (o Espírito) nunca os deixaria. 

Isto também é encontrado no livro de Apocalipse. Nos primeiros três capítulos, quando a Igreja é vista como estando na terra, o Espírito é encontrado falando constantemente à Igreja. Mas depois do capítulo 4:1-2, quando a Igreja aparece como sendo tirada do mundo, o Espírito não é mais mencionado até os capítulos 14:13 e 22:17, os quais se passam após a tribulação. Compare também os capítulos 2:7, 11, 17, 29; 3:6, 13, 22 com o capítulo 13:9. Repare na ausência notória de alguma menção ao Espírito. 

Isto é visto também tipificado em Gênesis 24, onde é procurada uma noiva (a Igreja) para Isaque (Cristo) pelo servo (o Espírito de Deus). Assim que a noiva foi assegurada pelo servo, ele a levou ao longo de todo o caminho de volta à casa, a Isaque, que estava aguardando por ela. Assim como o servo voltou para casa com a noiva, também o Espírito Santo voltará para o Lar com a Igreja quando o Senhor vier. Estas passagens demonstram que quando a igreja for chamada para fora deste mundo, o Espírito não irá mais residir na terra.]

A partir dessa ocasião, o Noivo (Cristo), a Noiva (a Igreja), e os amigos do Noivo (os santos do Antigo Testamento, etc.) estarão juntos para sempre (1 Ts 4:17; Hb 11:40).

Eu e Ele, em radiante glória,
Iremos profundo gozo desfrutar;
Meu gozo será estar com Ele pra sempre,
E o dEle, de ter-me no Seu Lar.

A Igreja não passará pela tribulação. Ela será levada para a glória na vinda do Senhor no arrebatamento. "Eu te guardarei da hora da tentação (tribulação) que há de vir sobre todo o mundo" (Ap 3:10). Tudo isso acontecerá "num momento, num piscar de olhos" (1 Co 15:51-56)[Extraído de "Acontecimentos Proféticos", por Bruce Anstey] 

por Mario Persona