sábado, 27 de dezembro de 2014

O QUE SERÁ O GALARDÃO?



E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras.” (Apocalipse 22.12)
Galardão significa “recompensa”. Mas que tipo de recompensa receberemos?  Ser salvo já não é maravilhoso?A Bíblia menciona galardões que recebemos ainda em vida pela obediência à vontade de Deus. Nem sempre essas recompensas estão relacionadas a coisas materiais: “Depois destes acontecimentos, veio a palavra do SENHOR a Abrão, numa visão, e disse: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, e teu galardão será sobremodo grande.” (Gn 15.1). Abraão foi um grande exemplo de homem que recebeu grandes recompensas de Deus, tanto materiais quanto espirituais.
Também galardão nos céus. Isso significa uma espécie de recompensa na eternidade. Não sabemos exatamente o que seria essa recompensa, pois a Bíblia fala pouco nesse assunto: “Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós.” (Mt 5.12). Jesus parece também indicar que existem níveis de galardão. Veja a explicação de do Senhor“Quem recebe um profeta, no caráter de profeta, receberá o galardão de profeta; quem recebe um justo, no caráter de justo, receberá o galardão de justo.” (Mt 10.41). 
Paulo fala a respeito de níveis de galardão baseados no esforço e dedicação de cada um: “Ora, o que planta e o que rega são um; e cada um receberá o seu galardão, segundo o seu próprio trabalho.” (1Co 3.8). Em Apocalipse Jesus é aquele que distribuirá o galardão tanto àqueles que foram justos e bons trabalhadores quanto àqueles que foram injustos e foram condenados. Cada um receberá a sua recompensa (cf Ap 22.12). É bom deixar claro que esse galardão não é a salvação. Até porque a salvação não é por obras, mas pela graça e mediante a fé (cf Ef 2.8). Parece se tratar de uma espécie de recompensa “extra” que receberemos nos céus ou também, em alguns casos, aqui na terra.
O que poderia ser esta recompensa? Existem teorias quanto a este assunto, acredito que na Glória, não somente desfrutaremos do conhecimento maravilhoso de Deus, mas também  receberemos cargos na “Nova Terra”(cf Is 65.17; 2Pe 3.13). O texto de Isaías diz: “Eles edificarão casas e nelas habitarão; plantarão vinhas e comerão o seu fruto.” (Is 65.21). Na “Nova Terra” vai existir uma vida de trabalho e alegria. E o Cordeiro será adorado para sempre. Como será? Apocalipse nos diz que pessoas de todas as terras estarão louvando o Cordeiro (cf Ap 7.9). Não creio, de forma alguma, que será um louvor aleatório, sem organização, mas com ordem. Assim penso eu que haverá líderes responsáveis, pessoas com autoridade para liderar. Haverá algum tipo de hierarquia. Isso fica claro quando examinamos a ordem angelical composta de anjos, arcanjos, serafins e querubins. E eles têm suas funções. O pedido feito pela mãe de Tiago e João (cf Mt 20.20-28) parece indicar que os judeus tinham certa expectativa nesse sentido.
Essa hierarquia, não será alimenta por nenhum tipo de intriga, uma vez que não haverá pecados tais como: orgulho, presunção, inveja ou mágoa. Todos estarão plenamente satisfeitos porque o maior galardão do crente será contemplar o Cordeiro assentado junto ao trono de Deus: “Eis que o SENHOR fez ouvir até às extremidades da terra estas palavras: Dizei à filha de Sião: Eis que vem o teu Salvador; vem com ele a sua recompensa, e diante dele, o seu galardão.”(Is 62:11). Possivelmente teremos cargos para servir a Deus na Glória. Mas esses cargos não serão adquiridos por méritos próprios, mas por andar fielmente com Deus! Seja o que for, a verdade é que: “…Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” (1 Co 2.9)
O que fica claro é que vale a pena ser fiel ao Senhor! Pois Jesus nos prometeu recompensar os fiéis (v.12b), aqui e na vida futura. Seja o que for o “galardão”, o melhor presente é poder servir ao Senhor sabendo que ele cuida amorosamente de nós. E mesmo sem merecer ele nos recompensa quando somos fiéis. O nosso trabalho na causa do Senhor gera recompensa aqui. Quando falamos do amor de Deus e pessoas se convertem, isso se torna numa recompensa maravilhosa! Ou quando podemos ajudar pessoas que estão passando por alguma dificuldade sendo um instrumento de Deus para abençoar, também consideramos isso uma grande recompensa. E quando Cristo voltar? Com certeza ele vai trazer maiores recompensas! Então seja fiel ao Senhor!!!

Por Rev. Ronaldo P Mendes