terça-feira, 27 de agosto de 2013

O que você pensa de Jesus Cristo?



Certa vez Cristo fez a seguinte pergunta: que pensais vós do Cristo? 

O que será que as pessoas pensam de Cristo? Para uns Ele é apenas um homem sábio, outros o acham um homem bom, outros ainda O consideram um profeta ou um filósofo.

Entre os contemporâneos de Cristo encontramos os seguintes pronunciamentos: 

  • Para João Batista Ele era o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. 
  • Um discípulo que, após a crucificação, caminhava triste para uma aldeia chamada Emaús, Ele eravarão profeta poderoso em obras e palavras diante de Deus e de todo o povo. 
  • Para Natanael ele era o Filho de Deus, o Rei de Israel. 
  • O apóstolo Pedro após a pergunta de Jesus aos apóstolos se eles queriam também se retirar, responde: Senhor, para quem iremos nós? Só tu tens palavras de vida eterna e nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho de Deus". 
  • Tomé, outro apóstolo, depois de ter dito que só creria na ressurreição se visse os sinais dos cravos, tendo visto, exclamou: "Senhor meu e Deus meu"!

Mas a opinião de amigos não tem muito peso. Vejamos o que pensaram dEle os seus inimigos: 

  • Os samaritanos, aqueles que não se comunicavam com os judeus, "porque nós mesmos O temos ouvido e sabemos que este é verdadeiramente o Filho de Deus, o Salvador do mundo". 
  • Uns guardas que foram prender Jesus por ordem dos principais dos sacerdotes e dos fariseus,"nunca homem algum falou assim como este homem"
  • Pilatos, quando a multidão pedia a crucificação:"...Mas que mal fez este? Não acho nele culpa alguma de morte"
  • O ladrão que se arrependeu na cruz: "...mas este nenhum mal fez..." 
  • E o maior inimigo de Cristo satanás: "ah! que temos nós contigo, Jesus nazareno vieste destruir-nos? Bem sei quem és, o Santo de Deus".

E as opiniões de celebridades de épocas mais recentes? 

  • Agostinho, bispo de Hipona: "tenho lido em Platão e em Cícero ditos que são belos e sábios, porém nunca li, nem em um nem em outro: vinde a mim todos vós que vos achais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei". 
  • Lutero, reformador do século XVI: "em sua vida Cristo é um exemplo que nos mostra como viver, em sua morte Ele é um sacrifício que satisfaz por nossos pecados, em sua ressurreição um vencedor, em sua ascensão um rei, em sua intercessão um sumo-sacerdote". 
  • Jean Jacques Rousseau, deísta francês: "que doçura, que pureza em sua maneira de ser, que comovente graça em seus ensinos, que sublimidade em suas máximas, que profunda sabedoria em suas palavras. Se a morte de Sócrates foi a de um sábio, a vida e a morte de Jesus foram a de um Deus". 
  • Napoleão, grande conquistador francês: "Jesus Cristo foi mais do que um homem. Alexandre, César, Carlos Magno e eu mesmo fundamos grandes impérios porém de que dependia a fundação dos nossos impérios? Da força. Só Jesus fundou seu império sobre o amor e até o dia de hoje, milhões morreriam por Ele. Tudo quanto vejo em Cristo me assombra e me maravilha. Sua religião é a manifestação de uma inteligência que, certamente, não é a de um mero homem".
Que pensou dEle o Pai? Por ocasião do batismo de Jesus uma voz se fez ouvir vinda do céu que dizia: "tu és meu Filho amado em quem me tenho comprazido".

Contudo a opinião de todas essas pessoas, importantes personalidades, de nada vale para você. A pergunta que Cristo fez aos fariseus foi: "que pensais vós de Cristo"? 

A mesma pergunta é feita a você, caro leitor. O que você pensa de Cristo? Da resposta que você der a essa pergunta depende o destino eterno de sua alma!

Samuel Barbosa é pastor jubilado da Igreja Presbiteriana do Brasil