segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Institucionalização do Evangelho



Gostaria de ser bem claro em minha posição quanto às instituições religiosas. Sinceramente, não me oponho a elas, pelo contrário, diante de tantas críticas, vejo-a necessária por ser ela uma forma de ordenar a Igreja de Yeshua.

Tenho compartilhado e estudo as opiniões de muitos irmãos que criticam a instituição eclesiástica, afirmando que ela é doente, ultrapassada e que está estragando o Evangelho.

Mas amados, não é isso o que de fato está acontecendo!
O que tem estragado a instituição é a “igreja”!
É bom lembrarmos que há uma grande diferença entre Igreja e Instituição Eclesiástica.

A Igreja é a comunidade dos santos, chamados das trevas para a maravilhosa Luz de D´us. Estes são os responsáveis por levar o Reino de D´us às nações da Terra. Yeshua foi quem primeiro falou sobre a Igreja – “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra n  edificarei a minha igreja, o  e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus”. Mt 16:18-19

Portanto, ela tem uma responsabilidade social e espiritual diante do mundo.

Mas a Igreja precisa de uma ordem administrativa, precisa de um lugar para se reunir, quanto mais instrumentos físicos ela dispuser, mais eficácia em seu trabalho haverá. E é sobre isto que queremos dizer quando falamos da Instituição. A instituição existe para servir a Igreja. Quando a Igreja serve a Instituição é porque a própria Igreja esqueceu-se de sua missão.

E nisto, repousa a minha reflexão sobre a Igreja.

Muitos estão trabalhando, veementemente, para o crescimento da Instituição e não para o crescimento do Reino de D´us. Yeshua nos ensinou que a Igreja deve trabalhar para levar o Reino de D´us aos homens. Esta é a sua responsabilidade. Não é o crescimento dela que interessa, mas o crescimento do Reino! Não é o crescimento da Instituição que interessa, mas o crescimento do Reino!

E quando a Instituição está doente?

Creio, que quando vemos as atividades eclesiásticas de uma instituição adoecida, é certo que isto é fruto de uma Igreja adoecida! Se nossas Instituições estão beirando o caos espiritual e se estamos entrando em decadência, certamente é fruto da falta de revelação da Igreja. Se a Igreja é quem move a Instituição, então, a lógica seria termos Instituições saradas e fortes, mas isto não ocorre porque a Igreja está doente. E se a Igreja está doente temos um agravante muito sério, o Reino de D´us não está sendo pregado corretamente!

Este é o meu maior medo!

A Instituição Eclesiástica é apenas fruto real da Igreja. Se a Instituição é doente, reflete diretamente na vida de Comunhão da Igreja de Yeshua, o que compromete diretamente a mensagem do Reino de D´us.

Portanto, diante de D´us estamos inoperantes.

Mas não gostaria de parar por aí!

Sei que o que estou afirmando está muito pesado, mas infelizmente precisamos avaliar mais algumas coisas para que nosso raciocínio seja mais amplo. Quem é o consolidador da Igreja é o Espírito Santo.

Yeshua edificou a Igreja, mas o Espírito Santo é quem a torna uma realidade.

O próprio Yeshua disse aos seus discípulos que esperassem a promessa do Pai, ou seja, os discípulos não poderiam nem anunciar o Reino sem o Espírito Santo, isto porque, eles estariam cumprindo a missão da Igreja sem ser Igreja.

Não podemos ser Igreja sem o Espírito Santo!

Portanto, se a Igreja está pregando uma mensagem doentia e isto está se refletindo na vida Institucional da Igreja, concluímos que o Espírito Santo tem estado fora do que temos conhecido como Igreja!

Não pode haver a presença viva do Espírito de D´us e uma mensagem torta e desconexa com o Reino, muito menos uma Instituição adoecida! Porque tudo o que a Igreja intentar fazer, deveria ser bem-sucedido!

Abandonamos o Espírito Santo!

Não sou mais um frustrado com a Igreja, por incrível que pareça, mas tenho andado muito preocupado com ela! Isto porque a amo e acredito no seu chamado.

Por isso, não devemos estar muito preocupados com a Instituição Eclesiástica, mas com a Institucionalização do Evangelho que está adoecido pela mensagem turvada da Igreja que não tem tido a Vida do Espírito em seu dia a dia.

Isto é fruto de uma vida de alienação à Palavra de D´us.

Porque o Espírito de Adonai age à sombra da Palavra de D´us.

Reflita sobre isto e deixe o Senhor torna-lo Igreja verdadeira, pura, sem mácula e que vai levar o Seu Reino através da Comunhão com Ele no Espírito em uma vida comunitária, que é a Igreja, restaurando até mesmo sua instituição!

Que o Eterno de Israel lhe ilumine neste desafio!

Pr.Valdemir Sarmento de Almeida