domingo, 10 de março de 2013

Certezas em face da luta da vida


“... Disse-lhe Jesus: Mulher, por que choras? Quem buscas? Ela, cuidando que era o hortelão, disse-lhe: Senhor, se tu o levaste, dize-me onde o puseste, e eu o levarei [...] Maria Madalena foi e anunciou aos discípulos que vira o Senhor, e que ele lhe dissera isto  João 20:10-18

A vida é cheia de incertezas. Grande parte do que que esperamos de repente desmorona diante dos nossos olhos, e nós queremos saber se há alguma coisa que de fato podemos contar. Quando a vida te bate na face, há alguma esperança?

Em nosso texto, o Senhor ressuscitado apareceu a Maria Madalena. E ao fazê-lo, Jesus deu uma eterna esperança para o mundo.

Jesus está vivo hoje para fazer a diferença em nossas vidas. Ele está aqui para nos dar vida em abundância, mais do que temos sonhado. Hoje, considere algumas certezas na vida que nos ajudarão a ver como o Jesus vivo pode nos ajudar enquanto caminhamos com ele “no jardim”

É certeza que a vida muitas vezes traz decepção.
- Toda esperança de Maria em Jesus estava enterrada em um túmulo

- A esperança em que nós construímos nossa vida, muitas vezes parecem ruir aos nossos pés.

- Ainda assim, a vida continua, a despeito de nossas desilusões.

É certeza que nem sempre vamos reconhecer a obra do Senhor.
- Quando Jesus falou com Maria, sua dor era uma barreira para o seu reconhecimento do Senhor.

- Às vezes é tão difícil reconhecer que Deus está verdadeiramente conosco.

- Nos tempos de escuridão, podemos escolher acreditar, ou podemos perder a esperança.

“Cristo não veio para acabar com o sofrimento, Ele não veio para explicar, Ele veio para preenchê-lo com Sua presença”

É certeza que o Senhor sempre nos conhece.
- Jesus falou e trouxe a esperança de volta para a vida que ele conhecia e amava.

- Independentemente dos nossos sentimentos, o Senhor nunca nos abandona.

-  E, com todo o seu conhecimento, ele ainda nos ama.

É certeza que Jesus sempre tem uma tarefa para nós.
- Um princípio fundamental para lidar com aqueles que enfrentam transtornos emocionais é mantê-los produtivos.

- E assim, Jesus não deixou Maria passar o resto de sua vida agarrando-se a ele – ele lhe deu um trabalho a fazer.

- Para a alma disposta, Jesus ainda tem trabalho a ser feito.

Hoje, somos confrontados com a realidade que a vida é muitas vezes dura e cruel. Nós todos vamos enfrentar a certeza da decepção.

Nós todos provavelmente vamos encontrar face a face com a incerteza da presença de Deus. Mas, temos de trabalhar além das dúvidas e alcançar a certeza de que Cristo glorioso sempre conhece e ama a nós, e sempre terá um lugar para nós em seu plano.

Se você está sofrendo, se você estiver em meio a decepção e dúvida, deixe Jesus ministrar a sua fragilidade. Deixe Jesus lhe trazer paz, deixe que Ele lhe dê esperança.

Autor: Pr. Aldenir Araújo