sábado, 30 de março de 2013

Sou como pelicano no deserto




Sou como o pelicano no deserto (Salmo 102.6a).

Vocês já se sentiram deslocados em algum ambiente?’

Ao meditar no salmo 102 percebi que ele trata exatamente disso. O salmista está deslocado, se sente fora de seu habitat e declara: “sou como o pelicano no deserto” v.6.

O pelicano é encontrado na Europa, Ásia e na África, seu papo serve essencialmente para pescar e conduzir uma quantidade significativa de peixes, sua comida principal. O pelicano é uma ave marítima e não sobreviveria no deserto, pois sua principal fonte de alimento é o mar.

O salmista se compara ao pelicano no deserto e a coruja nas ruínas.

O que leva uma pessoa se comparar a pássaros como estes e em tais condições?

Provavelmente ele estava apresentando seus sofrimentos e transtornos emocionais. Sentia-se separado de Deus, abandonado por Ele, desolado e rejeitado. Embora sondasse o horizonte em busca de ajuda, só conseguia enxergar ruínas e esterilidade. Como a coruja, pássaro solitário, ele se sentia sozinho e sem esperança.

O autor suplica que Deus o ouça, solicita que Deus se incline para ouvi-lo. O que pode fazer com que Deus não nos ouça?

O v.10 pode ser a resposta, ele diz que já esteve muito bem, em posição elevada, mas agora está abatido e inferiorizado.

A natureza humana é em si mesma soberba, auto-suficiente. Quando tudo vai bem é fácil esquecer-se daquele que nos levantou. Quem não conhece história de pessoas que pisaram em outras quando em situação privilegiada.

O orgulho é uma razão que leva Deus não atender nossas orações. Em Tiago 4.6 lemos que Deus está pronto a ajudar os humildes de espírito, não soberbos. Irreverência (Sl.50.21); egoísmo (Tg.4.3), pecado (Is.59.1, 2), incredulidade (1Pe.3.7) são outros motivos que impedem o Senhor de nos ouvir, tornam nossas orações ineficientes.

Na verdade é impossível que Deus não nos ouça, “o que fez o ouvido, acaso, não ouvirá?(Sl.94.9); embora a linguagem bíblica retrata Deus como se estivesse surdo é apenas uma maneira figurada para dizer que o Senhor nem sempre atende nossos pedidos como gostaríamos.

A razão do salmista se sentir deslocado é porque ele se distanciou de Deus pelo pecado. A bíblia diz: Pois são os pecados de vocês que os separam do seu Deus, são as suas maldades que fazem com que ele se esconda de vocês e não atenda as suas orações(Isaías 59.2).

Será que você não está se sentido fora de seu ambiente?

Será que você não percebe que seu lugar é ao lado de Deus?

Revise sua postura, ‘cheguem perto de Deus, e ele chegará perto de vocês. Lavem as mãos, pecadores! Limpem o coração...’ (Tg.4.8). Seu lugar é ao lado de Deus, em Deus há fartura de alimento para sua alma e espírito.

Por favor, leia os textos a seguir em voz alta para que você ouça o próprio Deus:

‘Declarou-lhes, pois, Jesus: Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede’(João 6:35).‘
 
Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora’ (João 6:37).

‘Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto, todo aquele que da parte do Pai tem ouvido e aprendido, esse vem a mim’ (João 6:45).

Longe de Deus nos sentiremos como pelicano no deserto, prestes a morrer. Mas, com nossas vidas em suas mãos nos sentiremos seguros como pássaros junto a seu bando.

Com Deus Cantaremos o canto dos vitoriosos e não o lamento dos desolados.

Autor: Pr. Luiz Carlos Leite

Por Litrazini