domingo, 17 de março de 2013

Fingidores de santidade


Por Thomas Watson


Aqui se encontra uma afiada repreensão para alguém tal como os cristãos "reluzentes da escória", que somente exibem uma santidade, assim como Mical, que pôs "uma imagem na cama", e assim enganou os mensageiros de Saul (1 Sam. 19:16). Estes a quem o nosso Salvador chamou de "sepulcros caiados (Mt 23:27): sua beleza é toda pintura! Em tempos antigos, a terça parte dos habitantes desta ilha era chamada de "Picts", que significa "pintado". É para se recear que eles ainda retenham seu velho nome. Quantos estão apenas tingidos de vermelho por uma profissão [de fé], que parece lustrar de modo deslumbrante os olhos dos que os contemplam, mas dentro dos quais há só apodrecimento! Os hipócritas são como o cisne, que tem penas brancas, mas cor de pele negra; ou como o lírio, que tem uma cor perfeita, mas um mau perfume. "Tu tens nome de quem vive, e estás morto" (Ap 3:1). A estes o apóstolo Judas compara a "nuvens sem água" (Judas 12). Eles alegam ser cheios do Espírito, mas são nuvens vazias: sua bondade nada mais é do que uma fraude religiosa.

Pergunta: Por que as pessoas, entretanto, contentam-se a si mesmas com uma exibição de santidade? 

Resposta: Isso ajuda para manter-lhes a fama: "honre-me agora diante das pessoas" (1 Sam. 15:30). Os homens ambicionam crédito e desejo de ganhar reputação no mundo, portanto eles se revestirão com o garbo e o modo de religião, para que outros possam lhes intitular de santos. Mas ai! o que há de tão bom para que outros o elogiem, e sua consciência o condenar? Que boa vontade fará um homem quando ele estiver no inferno, enquanto os outros pensam que ele foi para o céu? Oh, cuidado com isso! A falsa piedade é a iniquidade em dobro. 

1. Apenas exibir santidade é um pecado terrível contra Deus

O homem que finge santidade - cujo coração, entretanto, diz que ele tem apenas esse nome - carrega Cristo na sua Bíblia, mas não em seu coração. Um projeto político lhes incita aos caminhos de Deus: ele faz da religião um lacaio para seus interesses carnais. Que é isso a não ser abusar de Deus diante de Sua face, e servir ao diabo com o uniforme de Cristo? A hipocrisia faz a fúria se elevar até a face de Deus; portanto ele chama tais pessoas de "a geração da ira" (Isa. 10:6). Deus lhes enviará ao inferno para que paguem por sua hipocrisia. 

2. Apenas exibir santidade é uma auto-ilusão

Ajax, em seu frenesi, trocou ovelha por homens, mas é um engano pior trocar graça por graça. É trapacear a você mesmo, "enganando as tuas próprias almas" (Tg. 1:22). Aquele que falsifica o ouro em troca do verdadeiro, é mais injusto consigo mesmo. O hipócrita engana a outros enquanto ele vive, mas engana a si mesmo quando morre. 

3. Apenas ter título de, e exibir santidade, é odioso para Deus e para o homem 

O hipócrita nasceu num planeta triste: ele é odiado por todos. Os homens maus o odeiam porque que se exibe, e Deus o odeia porque ele somente se exibe. O mau o odeia porque ele tem algo como uma máscara de santidade, e Deus o odeia porque que ele tem não mais que isso. "Por pouco não me persuades a tornar-me um cristão" (Atos 26:28). O mau odeia o hipócrita porque ele é quase um cristão, e Deus o odeia porque ele é apenas quase um. 

4. Ser apenas como cometas e fazer uma demonstração de piedade é algo vão

Os hipócritas perdem tudo o que têm feito. Suas lágrimas dissimuladas caem ao lado da garrafa de Deus; suas orações e jejuns comprovam seu fracasso. "Quando jejuastes e pranteastes (...) acaso, foi para mim que jejuastes, com efeito, para mim?" (Zac. 7:5). Assim como Deus não recompensará um empregado preguiçoso, de modo algum ele recompensará alguém traiçoeiro. Toda a recompensa dos hipócritas está nesta vida: "Eles já têm sua recompensa" (Mat. 6:5). Uma pobre recompensa - fôlego vazio dos homens. O hipócrita pode fazer seu recibo e escrever, "Recebido e integralmente pago". César Augusto teve grandiosos triunfos a ele concedidos, mas o Senado não permitiu que ele fosse o cônsul, ou assistisse às suas reuniões. Os hipócritas podem ter o louvor de homens, mas embora esse triunfo seja a eles concedido, eles nunca terão o privilégio de se assentar às reuniões do senado do céu. Que aceitação ele pode obter de Deus, cujo coração lhe diz que ele não é melhor do que um trambiqueiro em divindade? 

5. Apenas ter pretensão de santidade não dará nenhum consolo na hora da morte 

O ouro pintado vai enriquecer um homem? O vinho pintado vai refrescar que está com sede? A pintura de santidade vai levantar você de alguma maneira? Como poderiam as virgens insensatas melhorarem suas "preciosas lâmpadas", quando elas não tinham óleo? Que é a lâmpada de uma profissão [de fé] sem o óleo da graça? Aquele que tem apenas uma santidade pintada terá uma felicidade pintada. 

6. Você, que não tem nada além de um pretexto plausível e de uma máscara de piedade, expõe a si mesmo ao desprezo de Satanás 

Você será trazido para a frente no último dia, como Sansão foi, para fazer a diversão do diabo (Juizes 16:25). Ele dirá: "O que aconteceu com teus votos, tuas lágrimas, tuas confissões? Tem toda tua religião algo a ver com isto? Você, que muitas vezes se opôs ao diabo, agora vem para morar comigo? Você não poderia portar alguma arma para se matar, mas o que foi feito com o metal do evangelho? Você poderia não ter sorvido veneno num lugar qualquer, a não ser fora dos mandamentos? Você não poderia ter achado algum caminho para o inferno, a não ser por parecer justo?" Que vexame será o diabo repreender um homem de tal maneira! É triste ser clamado assim nesta vida. Cleópatra, Rainha do Egito, quando viu que estava reservada pelo inimigo para ser um triunfo, colocou áspides em seus seios e morreu, para que pudesse evitar a infâmia. Que será, então, o triunfo do diabo sobre o homem, no último dia? 

Deixe-nos, portanto, prestar atenção a essa espécie de pompa ou de jogo de devoção. Aquilo que pode nos fazer tremer ao máximo nossos corações é quando defrontamos altos cedros na igreja carcomida pela hipocrisia. Balaão - um profeta, Jeú - um rei, Judas - um apóstolo: todos levantaram para esse dia o registro de hipócritas. 

É verdade que há as sementes desse pecado nos melhores, mas assim como foi com a lepra sob a lei, todo aquele que tiver inchações ou manchas na pele da carne supostamente não está limpo, e será posto para fora do campo (Lev. 13:6); assim, todo aquele que tem em si a inchação da hipocrisia não serão julgados hipócritas, pois estas podem ser as manchas dos filhos de Deus (Deut. 32:5). O que distingue, entretanto, um hipócrita é quando a hipocrisia é predominante e é como fluido espalhado no corpo. 

Pergunta: Quando um homem está sob o domínio e sob a força da hipocrisia? 

Resposta: Há dois sinais de sua predominância: 

Um olho estrábico, quando se serve de Deus para fins sinistros. 

Um olho são, quando há algum pecado precioso para alguém, ao qual ele não pode ceder.

Esses dois são sinais tão evidentes de um hipócrita quanto eu possa conceber. 

Eia, deixe-nos tomar a vela e a lanterna de Davi, procurar por este fermento, e torná-lo evidente diante do Senhor. 

Cristão, se você está morno para a hipocrisia, ache agora esse pecado tão potente, que você não pode dominar, e vá para Cristo. Clame para que ele exerça seu trabalho soberano na tua alma, que ele vai subjugar este pecado, e o colocará debaixo de seu jugo. Clame a Cristo para exercitar sua cirurgia espiritual sobre você. Queira que ele lancete o teu coração e corte a carne podre, que ele aplicará o remédio de seu sangue para curar você da tua hipocrisia. Faça aquela oração de Davi muitas vezes: "Seja o meu coração irrepreensível nos teus decretos" (Sal. 119:80). "Senhor, deixe-me ser qualquer coisa exceto um hipócrita." Dois corações excluirão um céu.

_________________
Traduzido por Cleber Olympio, conforme original publicado em http://www.graceonlinelibrary.org/christian-living/full.asp?ID=713