domingo, 17 de março de 2013

Rompendo a dificuldade da dor... com Cristo




Em termos de relacionamento, ninguém está mais perto do que Cristo. Cristo é melhor do que o marido mais fiel, mais compreensivo, do que a esposa mais consoladora, mais confiável e do que o melhor amigo.

Ninguém está mais perto do que Cristo. Não existe amigo que se importe mais conosco do que Ele. Não há ninguém que nos aceite de forma tão incondicional. Não há ninguém mais disponível ou mais interessado com quem podemos conversar no meio da noite ou, em qualquer outro horário do dia, clamar em oração. Ele entende até mesmo os seus murmúrios - Ele tem poder para colocar o significado correto em seus gemidos inexprimíveis! Ele prometeu que nunca iria deixá-lo. Ele não vai abandoná-lo. Ninguém está mais perto do que Cristo. Repito: "ninguém."

No nosso íntimo, ninguém cura de forma mais profunda do que Cristo. Você pode até dizer: "Nunca vou me recuperar desta tristeza". Sim, você consegue, mas não sozinho.

Cristo é o maior consolador. Ele é o "Homem de Dores". Lembre-se de que Ele "conhece a sua dor" de modo íntimo. Ele sabe o que está em jogo. Ele perdeu tudo por você. A sua própria família achava que Ele era louco. No meio do seu ministério, ela veio buscá-lo porque estava convencida de que Ele havia perdido o juízo. Ele sabe o que é sofrer em silêncio, o que é ser o centro das críticas injustas, se sentir desanimado quando ninguém entende, quando ninguém fica ao seu lado. Seu bálsamo confortante penetra fundo. Ninguém cura de forma mais profunda do que Cristo.

Fisicamente, ninguém consola melhor do que Cristo. No meio da sua mais profunda dor, a sua presença traz consolo e força. Ele pode decidir restaurar a sua saúde física, mas falando francamente, Ele pode preferir não curar. Apesar disso, a sua graça é abundante o suficiente para você. A sua mão está sobre a sua vida nas horas de aflição. Ela é melhor do que a mão de um amigo, de um parceiro, dos pais ou de qualquer filho, porque quando nos toca, Ele traz grande compaixão e alívio duradouro. Ninguém consola melhor do que Cristo.

Por fim, ninguém vê os benefícios da sua dor de forma mais clara do que Cristo. Ele vê o final do túnel sinuoso e escuro do seu Getsêmani. Você só consegue ver a densa, assustadora e persistente escuridão. Ele vê além, até a brilhante luz da eternidade. Maturidade, crescimento, estabilidade, sabedoria e, por fim, a coroa da vida esperam aqueles que confiam em sua mão invisível. Não se esqueça, Ele tem o mapa do Getsêmani. Ninguém conhece os benefícios da sua dor de forma mais clara do que Cristo.

Não importa o que esteja enfrentando hoje, lembre-se de que sua dor não é vã. Não é um acidente de percurso. Na verdade, a sua dor é exatamente o que Cristo usará para colocar você de joelhos, para que você se aproxime do seu coração e descubra a sua paz.

"Homem de Dores" - que nome! É o nome do Filho de Deus. Seu nome é Jesus. É o nome que representa os extremos de dor e entendimento, de companhia e alívio.

Talvez você nunca tenha reconhecido a sua necessidade de um relacionamento pessoal com Deus, através da fé em Cristo. Você agarrou firmemente as rédeas da sua vida. Sugiro que você as solte e as entregue a Deus. 

Venha a seu Filho, Jesus. Admita onde você está e expresse a sua necessidade a Ele. Quero terminar com uma simples oração que pode ser feita no silêncio do seu coração àquele que deseja andar com você por meio da dificuldade da dor pessoal.

Senhor Jesus, sei que sou um pecador. Fiz um grande estrago em minha vida. Estou cansado de lutar. Estou cansado de caminhar. Estou cansado da dor que acrescentei à minha vida vivendo como se o Senhor não existisse. Hoje venho a ti, crendo que tu morreste por mim e que ressuscitaste dos mortos. Viro minhas costas ao meu modo de vida e me entrego a ti. Toma as rédeas da minha vida, Senhor Jesus. Eu as entrego a ti. Aceito teu perdão e clamo por tua graça, aceitando o dom da vida eterna. Amém.

Extraído do Livro Rompendo Dificuldades de Charles R. Swindoll

Por Litrazini