domingo, 17 de março de 2013

O tempo passou e, Deus ainda anseia por seu povo




... O SENHOR está convosco, enquanto vós estais com ele, e, se o buscardes, o achareis; porém, se o deixardes, vos deixará. (2Cr.15.2)

E Israel esteve por muitos dias sem o verdadeiro Deus, e sem sacerdote que o ensinasse, e sem lei. Mas quando na sua angústia voltaram para o SENHOR Deus de Israel, e o buscaram, o acharam. (2Cr. 15.3,4)

A nação de Israel, escolhido por Deus para ser seu povo, vivia em altos e baixos, eram guiados pelo Senhor, todavia se deixavam contaminar, corromper pelos costumes das outras nações, paravam de depender de Deus, se afastavam dos seus caminhos, daí o Senhor usava ímpios para que seu juízo caísse sobre a nação de Israel; porém, quando o calo apertava, o desespero, aflição e agonia pairava sobre suas vidas, tornavam arrependidos, clamando pelo Senhor e pela misericórdia divina, eram perdoados e voltavam a ficar debaixo da paz, e graça de Deus.

A exemplo da nação de Israel, por conta do sacrifício de Cristo, independente das circunstâncias, situações, erros, essa graça é estendida a todos nós, pois ele ainda nos ama, e quer de volta. 

E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos, E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém. E destas coisas sois vós testemunhas. (Lc. 24.46-48)

Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça (Atos 10.43)

Ao admitir verdadeiramente os nossos erros diante de Deus, seremos perdoados e voltaremos à comunhão com o Pai; Ele nos ama, todavia, odeia nossos pecados.

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. (1 João 1.9)

Deus nos ama apesar das nossas imperfeições. Ele nos ama até mesmo quando somos pressionados pelas mais diversas tentações. Ele nos ama porque aceitou-nos em Jesus, perdoando-nos. Todavia, Ele nos ama demais para permitir que continuemos onde estamos.

O nosso Pai quer transformar-nos.
Em nossas lutas contra o pecado e em meio ao sofrimento, Ele age, visando desenvolver o nosso caráter, de modo que nos tornemos parecidos com Jesus.

Assim, ao passar por lutas e provações, lembre-se de que o Senhor o ama. Ele está fazendo uso de todas as suas circunstâncias para transformá-lo.

O Senhor deseja nos perdoar, restaurar, satisfazer os nossos anseios mais profundos, Ele nos chama de volta para si.

O que significa para você saber que o Senhor lhe tem tão grande amor??

Por Litrazini