sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Salvação ou deboche?





Algumas pessoas dizem que querem ser salvas, mas jamais foram levadas a ver porque de fato precisam de salvação. É um desejo auto-centralizado. É um desejo de salvação para o futuro, mas não agora. Não pelo menos nos termos bíblicos.

Agora seu deleite está neste mundo, seu amor está sobre o pecado... Mas no futuro, quando este mundo não for mais uma realidade, quando o prazer do pecado já não for mais possível, então querem ser livres dos horrores inevitáveis que o pecado (que nada mais é que o desprezo por quem Deus é, Sua santidade, Sua mente, expressa em Sua Palavra), traz.

Por hora sentem prazer no que despreza Deus e querem uma salvação (e não faltará quem a ofereça) compatível com isso. Isso é um deboche para com o Salvador, que é o “Cordeiro que foi morto”, e também é o Deus contra quem cada pecado é cometido, contra quem todo o desprezo é lançado.

Agora, olhe a característica da salvação bíblica descrita por Spurgeon:

“Esta salvação completa é acompanhada por uma santa vocação. Aqueles que o Salvador redimiu são chamados pelo poder do Espírito Santo para a santificação. Eles abandonam seus pecados e se esforçam, pela operação toda poderosa do Espírito, para serem semelhantes a Cristo.” Na verdade Paulo diz dos redimidos: “...todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor”. - 2 Coríntios 3:18

Então Spurgeon continua: “Eles escolhem a santidade, não por motivação natural, e sim por causa da propensão da nova natureza implantada neles na Regeneração soberana. Os crentes são capazes de regozijar-se na santidade, não naturalmente, como antes se deleitavam no pecado, mas pelo poder infinito que opera neles momento após momento.  Deus não os escolheu, nem os chamou porque eles eram santos. Eles os chamou para que sejam santos” ( C. H. Spurgeon – 1834/1892).

Isso descreve os teus sentimentos? Descreve a salvação de que você já está desfrutando? Então você não tem nada a temer.

Que nos salvou e nos chamou com santa vocação” – 1 Timóteo 1.9

***
Fonte: O cristão reformado