quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Simples assim...

Deus criou o homem, após ter criado tudo o que era necessário para o homem.
Deus falava com o homem, e este era instruído por Deus.
Num momento de tristeza e solidão do homem, Deus em sua infinita bondade e amor, cria a mulher, a coroa do homem.

Muito tempo se passou...o homem deseja ser como Deus.
A terra torna-se maldita por causa do homem.
Seu coração já não era mais o mesmo, seus pensamentos eram confusos.
Novos e estranhos sentimentos passaram a acompanhar o homem.

Porém, o Deus de amor, não o deixou só. Deus não permitiria que o homem vivesse eternamente em dor.
O Senhor o coloca para fora do jardim, cobre o seu corpo nu, e promete resgatá-lo para sempre.
Deus traça um plano poderoso, para aniquilar todo o mal para todo o sempre.
O plano de Deus continua, a terra é povoada, nações são constituídas.

Apesar de merecer o inferno como prêmio, o Senhor Deus, oferece vida!
Enquanto o homem provoca dor, guerras e intrigas, o Senhor Deus, dá seu único Filho, em resgate do homem.
Jesus, deixa Seu lar de glória e resplendor, por amor  a Seu pai, vem a terra como homem, educado como qualquer outa criança de seu tempo. Sujeito a "seu pai e mãe" terrenos, até que chega o tempo de dar sua vida pelo homem.

Não, ele não foi assassinado. Ele deu Sua vida, e tornou a tomá-la. Mesmo sem merecer, o homem recebe de Deus, vida e vida eterna. Quando os pés do homem deslizavam para o inferno, Deus o segura em Suas potentes mãos!

Quando o homem sem merecer o minimo de compaixão padecia em densas trevas, Deus usa de graça, sim, de favor imerecido, e faz raiar na vida do homem, uma poderosa luz, a saber: Jesus, o filho do Deus vivo!
Ele suportou o cuspe em sua face, as bofetadas, as chicotadas, os pregos nos pés e mãos, o escárnio, a zombaria, o abandono, o desprezo, e mais, a ira de Deus, que na verdade, o homem merecia. Pediu para o Pai, que o homem fosse perdoado, pois, o homem não sabia o que fazia.

Sua respiração estava ofegante na cruz, a dor espalhada por seu corpo, o sangue escorria e gotejavam no chão, sua vida se esvaia por causa do homem...
Jesus da o ultimo brado dizendo que havia terminado sua missão, a saber, salvar o homem.
Ele é tirado da cruz. Colocaram o corpo Jesus em uma sepultura. Parecia que tudo havia terminado ali.
Era o fim de toda esperança...,três dias se passam, mulheres vão a sepultura de Jesus...procuravam o vivo em meio de mortos.

Quem procura por um Cristo morto, nunca o verá, vivo e presente em seu coração, em sua vida!
Jesus torna a tomar sua vida, ele está vivo! Não está nem na cruz, nem na sepultura. Ele vive!
Jesus é o Senhor da vida e da morte! Jesus detém todo o poder no céu e na terra.

Tudo isto, só para nos dar vida.