quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Fazendo O Que Precisa Ser Feito


Quebra-gelo: Você já fez algo que não gostava mas que precisava fazer?
Texto: João 9:6-7

Introdução: Tenho brincado nesses últimos dias que comemos o que gostamos até determinada idade, depois comemos o que o médico deixa. Mesmo não gostando disso, em função de muitas coisas, acabamos nos submetendo a deixar de comer o que gostamos para ter uma vida mais saudável.
Na vida precisamos fazer isso muitas vezes. Em várias situações fazemos o que é preciso e não o que gostamos.
No texto de João vemos isso acontecendo. Jesus se aproxima de um cego de nascença para curá-lo, mas para que a cura aconteça Jesus aplica barro com cuspe no olho do cego, o que ele não deve ter gostado, e manda-o ir a um tanque chamado Siloé lavar-se, o que o cego também não deve ter gostado, provavelmente preferiria que Jesus realizasse o milagre sem que ele precisasse fazer nada; porém, se o cego não tivesse feito o que Jesus mandou não teria voltado a ver.
Com a história do cego em João 9 aprendemos que se quisermos a bênção de Deus:

1)Precisamos buscar a Deus.
Não deixe de procurar Jesus para ter a resposta certa para suas crises. Podemos nos sentir desanimados, mas não podemos deixar de buscá-lo sem muito ânimo. Se quisermos a bênção de Deus temos que fazer o que precisa ser feito mesmo sem muito ânimo. Busque a Deus.

2)Precisamos ouvir o que Jesus diz e fazer o que Ele manda, mesmo sem muita vontade.
Lembre-se que se o cego não obedecesse continuaria cego. Se quisermos a bênção verdadeira de Deus, aquela que transforma nossa história, precisamos obedecer mesmo sem muita vontade. Faça o que precisa ser feito, faça o que Deus manda.
Conclusão: O cego de João 9 recebeu a bênção dele, e você quer receber a sua? Está disposto(a) a buscar a Deus, ouvi-lo e fazer o que Ele manda? Levante a mão, vamos orar.
Fonte: IMM