domingo, 9 de dezembro de 2012

Intimidade com o Senhor, ou Você Tem ou Não Tem - Wanger Campos


A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais ele dará a conhecer a sua aliança. Salmos 25:14
Você já sentiu-se magoada? Você já ficou com vontade de achar um lugar onde pudesse se esconder? Já ficou parada olhando para o nada com cara de paisagem, sem vontade de falar ou pensar? Já se sentiu como se raízes saíssem de seus pés e você não tivesse como se mover? Já se sentiu sem forças para perdoar?

Então, fiquei assim outro dia. A princípio, pensei que poderia ser os primeiros sintomas da idade chegando. Mas, de repente, um alívio! Uma voz familiar sussurrou: "Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender, e sim deva ser brando para com todos, aptos a ensinar, paciente... na expectativa de que Deus lhe conceda, não só o arrependimento para conhecer plenamente a verdade, mas também o retorno à sensatez... "(2 Tim 2:24 -26). Obrigada, Espírito Santo! Obrigada, meu Senhor!


Quantas maneiras diferentes o Senhor usa para falar com seus filhos! A intimidade com Deus é algo incrível. Em Salmos 25, Davi disse: "A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais Ele dará a conhecer a sua aliança." Que verdade maravilhosa!

Diante desta experiência, sem aviso, uma alegria me tomou de surpresa! Pois percebi que o Senhor estava se comunicando comigo através dos versos que memorizei, e estava me fazendo aprender mais Dele e de seus gestos graciosos de perdão.

Para você que já teve que perdoar uma pessoa difícil e complicada, sabe que só com a intervenção do Senhor é que o perdão acontece. Na verdade, eu estava resistindo ao Senhor. Mas o Espírito Santo estava usando o que tinha memorizado e arquivado durante anos para quebrar minha teimosia, e me ensinar a viver para glória de Deus.

Entendo o que Deus, o todo poderoso, estava me dizendo: Não siga seu coração, mas a Minha Palavra!  Eu Sou o centro de sua vida. Infelizmente, a minha falta de concentração no Senhor, dia após dia, estava me afastando Dele. Não conseguia manter o meu coração no mesmo ritmo que a do meu Mestre. Ali, fiquei pensando na oração que tinha feito. Tinha pedido a Deus para levar a pessoa para longe, assim eu não precisaria sofrer vendo-a longe de Deus. Orei errado.

Humildemente, pedi perdão e pedi para que o Senhor me ajudasse a entender que as pessoas tomam suas próprias decisões. Que eu não tenho poder de mudá-las, nem o direito de ficar magoada com elas. É o Espírito Santo que nos ensina, convence, conforta e nos guia na verdade, e nos livra dos laços do diabo. Meu dever é orar, amar, exortar (tendo oportunidade) e esperar no Senhor.

Assim, gentilmente o Senhor redirecionou minha mente e coração ao sussurrar Sua Verdade em minha mente. Agora vejo que toda aquela tristeza e preocupação era uma armadilha do inimigo para me afastar Dele. Mas Ele se voltou para mim e teve compaixão. Aliviou-me das tribulações do coração e me ensinou que, nesse momento, sofrimento e perdão devem andar juntos.

Acho que vou chamar de "interrupção divina" estes pequenos alertas que o Espírito Santo faz comigo.  Esta não foi a primeira vez, em outras ocasiões Ele usou Sua Palavra para me levar a perdoar um irmão, orar por alguém em sofrimento, visitar uma irmã necessitada, ou falar de Jesus para uma colega incrédula. Sei que o Espírito habita em mim, e que, em amor, me molda e capacita para ser usada por Ele.

Por isso meus olhos devem se elevar ao Senhor e, certamente, Ele estará ao meu lado no dia da angústia. Pois mais uma vez fui relembrada que a bênção da aliança e da comunhão com o Mestre é graciosa para aqueles que conhecem o Pai e seu Filho, Jesus Cristo. "A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais Ele dará a conhecer a sua aliança."

Da próxima vez que essa situação acontecer, vou orar como Davi: "Senhor volta-te para mim e tem compaixão de mim, pois estou só e aflito. Alivia as tribulações do  coração, e me tira da angústia. Considera as minhas aflições e o meu sofrimento, e perdoa todos os meus pecados. Em Nome de Jesus, Amém!"

Wanger Campos faz parte da coordenação do Ministério Infantil da Igreja Batista de Tupã (SP), onde também dá aulas na Escola Bíblica Dominical. Já participou em conferências direcionadas para mulheres na região de Tupã e nas Conferências Fiel para Jovens em 2011 e 2012. É formada em Educação Física pela Faculdade de Educação Física de Santo André – FEFISA e leciona inglês. Wanger é casada com o Pr. Sillas Campos, com quem tem 4 filhas.