sexta-feira, 18 de março de 2011

Os sete selos. Pr. Luiz Carlos Euzebio

Os sete selos (Ap. 5:1 à 8:1)
João vê um livro selado com sete selos. Um livro que somente o Senhor Jesus poderia abrir.

O primeiro selo (Ap. 6:2)
O cavalo branco- o anticristo (Mt.24:5), Cavalo representa força irresistível. O anticristo passa a enganar os judeus com uma falsa paz, por três anos e meio (Dn. 9:27)

O segundo selo (Ap. 6:4)
O cavalo vermelho- a guerra (Mt. 24:6), vermelho simboliza sangue. Uma guerra que cobrirá todo o mundo. Uma guerra sem precedente. O anticristo quebra o pacto com os judeus e apresenta o poder militarista- a grande espada entra em ação, e ai vem a metaforicamente chamada: 4ª guerra mundial (Mt. 10:34), e os povos do mundo inteiro estarão em total perplexidade (beco sem saida).

O terceiro selo (Ap. 6:5-6)
Um cavalo preto- a fome (Mt. 24:7), este cavaleiro ditará a fome no período da grande tribulação.
Jeremias em Lm. 5:10 diz: " Nossa pele se enegreceu como um forno, por causa do ardor da fome".

a) João observa uma balança na mão do cavaleiro; isso fala de racionalização dos alimentos de 1ª necessidade. Ez. 4:16 diz: "...eis que eu torno instável o sustento de pão em Jerusalém, e comerão pão por peso..."
O 3º cavaleiro impede que a fome varra toda a humanidade. Ele chama a fome, mas, ao mesmo tempo a controlará. 

b) um período de escassez- fala do desequilíbrio que certamente haverá, durante o reinado cruel da besta.
Daniel 2:42b: "assim por uma parte o reino da besta será forte, e por outra será frágil".
O reino da besta será forte como ferro diante dos homens, porém frágil como barro diante dos flagelos de Deus.

O quarto selo (Ap. 6:7-8). 
A morte e o inferno
O cavalo amarelo (pálido), a cor dum cadáver ou a carne em estado de putrefação. Mortes-calamidades- doenças. A morte destrói o corpo e o inferno recebe as almas. Os juízos anteriores tornam-se sólidos no cavalo amarelo.
1º) "... poder para matar a 4ª parte com espada". (2º selo Ap. 6:4)
2º) "...matar com fome". (3º selo Ap. 6:5)
3º) "...matar com peste". (4º selo Ap.6:8). Milhões perecerão nos dias do cavalo amarelo.

O quinto selo (Ap. 6:9-11)
O clamor dos mártires

Os que não aceitarem, e, não adorarem ao anticristo, serão perseguidos e mortos; repousarão até completar o numero de seus irmãos. Os mártires da grande tribulação, em sua maioria são judeus que, guardaram a palavra de Deus e confessaram o nome do Senhor Jesus (cristãos gentios fazem parte deste grupo).

Vestidura Branca
Símbolo da justiça e pureza de Cristo, é dado aos martirizados, simbolizando a morte sacrificial (mas não redentora), dos mártires.

Sexto selo (Ap. 6:12)
A ira de Deus sobre a terra, e os homens. Começa os maiores horrores de toda terra e céu. Esta é a segunda parte da grande tribulação, (três anos e meio).
Toda descrição deste selo, lembra a profecia do Senhor Jesus, sobre os acontecimentos cósmicos que anteciparão Sua volta (Mt. 24:29-30).

1º) Houve um grande terremoto. Abalará todo o globo terrestre.

2º) O sol escureceu (Jl. 2:3). É impossível imaginar o horror dos habitantes da terra, durante as tremendas convulsões do globo. Esse fenômeno será produzido por forças sobrenaturais descarregadas pelo poder de Deus.

3º) A lua tornou-se como sangue, sem brilho, doentio e omissor. Sol e lua se tornarão negros "como saco de cilício". O cilício ou crina era um pano grosseiro, feito de pêlos de cabra de cor negra. Usado como sinal de luto (Gn. 37:34; Jl. 1:8); e, como penitência pelos pecados cometidos (I Rs. 21:27).

4º) As estrelas cairão do céu. A terra ao mover-se do seu lugar, todas as forças dos céus serão abaladas; a mecânica celeste é um todo na mútua atração dos corpos celestes, decorrendo ai, atrairia sobre si todos os arrrolitos que aos milhões giram em torno da terra (Ap. 6:13).

5º) O céu retirou-se como um livro. (Is. 34:4), os judeus entendem que o céu visto é uma grande "cortina", em forma de "pergaminho" (Sl. 104:2).
Em Mateus 24:35, o Senhor Jesus predisse a " passagem do céu e da terra".
Este acontecimento terá inicio no período da "Grande Tribulação", mas só se consolidará no "Grande dia de Deus", mil anos depois (II Pd. 3:10,12). Todo o sistema sofrerá uma mudança drástica total, para dar lugar aos "novos céus e nova terra, em que habita a justiça".

6º) Todos os montes e ilhas foram removidos (Ap. 6:14-15), Imaginem os fenômenos apavorantes que, resultará uma nova distribuição das terras e águas do globo!
Grandes maremotos. Desmoronamentos de grandes cidades. Modificações climáticas. Resfriamentos súbitos e conseqüentemente chuvas de granizos. Mudanças nos cursos dos rios. Inundações gigantescas.
Deslocamentos e descongelamento dos icebergs nas regiões polares...

7º) É vindo o grande dia da sua ira (Ap. 6:17).Os homens caminham para grande ira do TODO-PODEROSO, mas, há uma ROCHA onde podemos nos abrigar; essa ROCHA é o SENHOR JESUS (I Ts. 1:10.