quinta-feira, 26 de setembro de 2013

O Incentivo de John Newton (1725-1807) a pastores e blogueiros


26 de janeiro de 1804


John Newton (1725-1807) me disse, que ao fim do seu primeiro pastorado em Olney, ele pensou que tinha pregado tudo o que podia, todo o seu estoque de sermões, passagens, doutrinas, ensino bíblico.. e ficou bastante deprimido com tal ideia.

“Mas”, ele disse, “Eu estava andando um uma tarde às margens do rio Ouse, e me perguntei: Há quanto tempo este rio corre? Muitas, muitas centenas de anos antes de eu nascer, e ainda estará correndo muitas centenas de anos depois que eu tiver morrido.

Quem fornece água às fontes de onde vem esse rio? Deus! Esta não é a mesma fonte que tenho? Não é então as fontes de meus sermões igualmente inesgotáveis? A Palavra de Deus! Sim, com certeza. Eu nunca mais fiquei ou tive medo de que a fonte para todos os sermões que deviam ser pregados durante toda a minha vida secasse desde aquela época..., aquele dia as margens do rio.”

Eu perguntei então se ele tinha consumido toda a variedade de ensino Bíblico agora que ele era um homem velho e um ministro do evangelho de idade avançada. Ele sorriu, e disse: “Oh, não, senhor, ó, não, senhor.”

- Retirado do diário de uma amigo de John Newton, relembrando uma conversa pessoal que gostava de lembrar, e que foi um estímulo para toda sua vida – vindo  deste (John Newton) que foi um dos maiores pregadores da história da igreja.

***