sábado, 28 de setembro de 2013

PSIU: bom dia... boa tarde... boa noite...

Quando você se levantou pela manhã, eu já havia preparado o sol para aquecer o seu dia, e o alimento para sua nutrição. Sim, eu providenciei tudo isso enquanto vigiava e guardava o seu sono, a sua família e sua casa. Esperei pelo seu bom dia, mas você se esqueceu, bem você parecia ter tanta pressa que perdoei.

O sol apareceu, as flores deram o seu perfume, a brisa da manhã lhe acompanhou e você nem pensou que eu já havia preparado tudo isso para você. Seus familiares sorriam; seus colegas lhes saudaram, você trabalhou, viajou, realizou negócios, alcançou vitórias, mas... eu sei, você corre tanto... eu perdoei.

Você leu bastante, ouviu muita coisa, viu mais ainda, e não teve tempo de ler ou de ouvir a minha Palavra. Eu quis falar, mas você não parou para ouvir, eu quis até lhe aconselhar, mas você nem pensou nessa possibilidade. Seus olhos, seus pensamentos, seus lábios, seriam melhores, o mal seria menor e o bem seria muito maior em sua vida.

A chuva que caiu a tarde foram minhas lágrimas por sua ingratidão, mas foram também a minha bênção sobre a terra para que não lhe falte o pão e a água.

Você trabalhou, ganhou dinheiro, que não foi mais porque você não me deixou ajudar. Mas uma vez você se esqueceu que eu desejo a sua participação no meu reino, com a sua vida, seu tempo, seus talentos e seu dinheiro também.

Findou o seu dia.
         
Você voltou para casa. Mandei a lua e as estrelas tornarem a sua noite mais bonita para lembrar-lhe o meu amor por você. Certamente agora você vai dizer um “obrigado e Boa Noite.”
         
Psiu... está ouvindo? Já dormiu. Que pena!
         
Boa noite, durma bem, eu fico velando por você.

JESUS

Autor Desconhecido