sábado, 1 de junho de 2013

Pequeno ou grande?


Os últimos dias da cristandade aproximam-se rapidamente. A grandeza daquela que é chamada Babilônia em Apocalipse 17 e 18 torna-se agora cada vez mais evidente. Ela é vista nestes capítulos como uma mulher montada sobre a besta. Ela será vista como o grande sistema eclesiástico apóstata. Ela é chamada de Mãe das Prostituições. Observe que ela é chamada de "grande Babilônia" (Ap 17:5). 

Em agosto de 1993 o Papa João Paulo II visitou as Américas do Norte e do Sul em uma grande exibição de grandeza e poder. No Estado do Colorado, a maior multidão já vista reunida naquele Estado foi vê-lo. 
Nestes dias há uma evidência cada vez maior da chegada daquilo que é representado como um homem chamado "a besta" em Apocalipse 13. Será um grande poder civil que se levantará do mar, que é um símbolo das massas, das multidões. 

Este mundo, como sistema civil ou secular, está se alastrando em aperfeiçoamentos tecnológicos, atrações e diversões nunca imaginadas no passado. Embora Deus não tenha lugar nos planos do homem, ainda assim Ele permite que os homens descubram para si próprios coisas que sempre estiveram presentes na Criação de Deus, e que usem essas coisas para si mesmos, seja para o bem ou para o mal. 

Em Apocalipse 13:4 é perguntado acerca da grandeza da besta, "Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?" Certamente tudo agora encontra-se movendo em alta velocidade em direção à plena revelação da mulher e da besta em suas variadas formas de grandeza e magnificência, o que, conforme a Palavra de Deus, precederá seu julgamento. 

Em contraste com tudo isso, perguntamos: Há, na Palavra de Deus, qualquer indicação de que os santos, ou a verdadeira Igreja, chegará a alcançar qualquer condição de beleza ou grandeza antes que chegue a hora do seu traslado? Tudo o que é apóstata deve ser grande e magnífico antes de seu julgamento. Mas o que dizem as Escrituras acerca do que é verdadeiro antes de sua remoção para a glória? 

Lucas 12:32 diz: "Não temas, ó pequeno rebanho, porque o vosso Pai agradou dar-vos o reino". A palavra dita ao anjo da igreja em Filadélfia é: "Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha e ninguém abre: Eu sei as tuas obras: eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar: tendo pouca força, guardaste a Minha palavra, e não negaste o Meu nome". 

Aquilo que é pouco ou pequeno é o que é observado na verdadeira Igreja, antes de seu arrebatamento, para fora deste mundo, com destino à glória. A grandiosidade neste mundo está para ser exibida nos dois sistemas apóstatas, o civil e o eclesiástico, justamente quando chega o seu julgamento. 

C.Buchanan