quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Seria Deus o criador do mal?

Sobre sua dúvida está em Isaías 45:7: "Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas". Seria Deus o autor do mal, do pecado e de toda a perversidade?



Não se trata de Deus ter criado o pecado ou o mal (a maldade), mas de trazer o mal ou desastre como algo pontual, circunstancial e com um objetivo. É como as pragas que ele lançou contra o Egito. Obviamente aquele mal veio de Deus, e não de homem algum. Se ler o capítulo verá que ele está falando a Ciro, a quem estaria usando para castigar as nações.

Isa 45:2 Eu irei adiante de ti, e endireitarei os caminhos tortuosos; quebrarei as portas de bronze, e despedaçarei os ferrolhos de ferro. 

Evidentemente isso seria péssimo para as nações que seriam julgadas por Deus por intermédio desse rei gentio, que seria usado como a vara do furor de Deus. Em outro momento e circunstância Deus usou a Assíria como a sua vara:

Isa 10:5-6  Ai da Assíria, a vara da minha ira, porque a minha indignação é como bordão nas suas mãos. Envia-la-ei contra uma nação hipócrita, e contra o povo do meu furor lhe darei ordem, para que lhe roube a presa, e lhe tome o despojo, e o ponha para ser pisado aos pés, como a lama das ruas.

Deus disciplina o seu povo trazendo sobre ele o mal quando necessário:

Jer_32:42 Porque assim diz o SENHOR: Como eu trouxe sobre este povo todo este grande mal, assim eu trarei sobre ele todo o bem que lhes tenho declarado. 

Os juízes criam as sentenças destinadas a punir aqueles que não obedecem as leis, e é neste sentido que está dizendo que Deus cria o mal. Além disso, o contexto (vers. 5) mostra também que o assunto ali é que nada escapa ao controle de Deus, seja a luz ou as trevas, seja a paz ou o mal, tudo parte dele para cumprir seus objetivos. Se observar a desgraça que se abateu sobre Jó, foi Deus quem permitiu, embora tenha sido Satanás o instrumento usado ali. Mas no final foi de bênção para Jó.

por Mario Persona