quarta-feira, 1 de maio de 2013

Mantendo a motivação em alta





Tinha eu quarenta anos quando Moisés, servo do SENHOR, me enviou de Cades-Barnéia para espiar a terra; e eu lhe relatei como sentia no coração. Mas meus irmãos que subiram comigo desesperaram o povo; eu, porém, perseverei em seguir o SENHOR, meu Deus - Josué 14:7-8 


O desânimo é uma das armas mais poderosas que o inimigo usa para desestabilizar o povo de Deus. E a pergunta que surge é: como podemos vencer o desânimo e manter a nossa motivação em alta? 

1 - Mantemos a motivação em alta quando permanecemos fieis às promessas. 
Na divisão de terras entre as tribos de Israel, um personagem chama a nossa atenção por permanecer fiel às promessas de Deus. Enquanto seus companheiros foram tomados pelo medo e o desânimo ao olharem para as dificuldades e acreditarem que seria impossível conquistar aquela terra, Calebe teve uma postura diferente.

Seu relato estava baseado na fidelidade às promessas que estavam em seu coração: “...eu lhe relatei como sentia o coração. Mas meus irmãos que subiram comigo desesperaram o povo; eu porém perseverei em seguir o Senhor,meu Deus”. - Josué 14.7

Quantas vezes as dificuldades da vida nos fizeram perder a motivação?

Como aconteceu com o profeta Elias que queria desistir de tudo, pois pensou que a sua missão era pesada demais. Ou ainda, o exemplo de Pedro, que após a morte de Jesus resolve voltar a pescar, pois entendeu que tudo tinha acabado. Quando Jesus ressuscitou Pedro foi restaurado, e a partir deste dia, ele foi transformado no grande apóstolo que permaneceu fiel às promessas, chegando a dizer: “O senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia, ...mas nós, seguimos a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a Justiça” II Pedro 3.9,13.

Quando pensar em desanimar lembre-se das promessas de Deus e seja fiel a elas. Isso vai manter a sua motivação em alta. 

2 - Mantemos a motivação em alta quando perseveramos na espera das promessas 
Quando pensamos na história de Calebe não podemos esquecer da sua perseverança em seguir a Deus. Veja o que o Senhor diz a respeito dele: “Porém o meu servo Calebe, visto que nele ouve outro espírito, e perseverou em seguir-me, eu farei entrar a terra que espiou, e a sua descendência a possuirá.” - Números 14.24.

A perseverança de Calebe começou no deserto quando recebe a promessa de Deus e permanece por 45 anos aguardando sua realização enquanto via toda uma geração ser destruída naquele ermo. A Bíblia está repleta de exemplos de pessoas que perseveraram nas promessas e continuaram firmes na espera da realização dos seus sonhos, como ensina Hebreus 11.

Jesus nos aconselha: “Não se turbe o vosso coração credes em Deus. crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vos teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E ...voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que onde eu estou, estejais vós também”. João 14.1 a 3. 

Quantas vezes deixamos de receber bênçãos por que não perseveramos e desistimos dos nossos sonhos? Ou ainda, quantos projetos foram abortados em nossa caminhada? Não desista, mas permaneça confiando na espera das promessas sabendo que Deus é fiel para cumprí-las. Isso vai manter a sua motivação em alta. 

3 - Mantemos a motivação em alta quando nos dispomos a enfrentar os desafios que nos separam das promessas. 
Calebe confiou na promessa de Deus, de conceder a ele e a sua descendência, o monte onde residiam os gigantes e se dispôs a lutar e conquistar aquela terra (Josué 14.12). Mesmo sabendo que na região residiam os povos mais poderosos ele perseverou! 

Os montes, geograficamente falando, eram lugares estratégicos, pois davam uma visão completa e eram mais seguros. Por essas e outras vantagens, os povos mais fortes se fixavam nos lugares altos, sendo um grande desafio enfrentá-los. Todavia Calebe olhou para as promessas e confiou que Deus o capacitaria para vencer todos os desafios na conquista da Terra Prometida.

Todos nós temos muitos desafios que tentam nos separar das promessas de Deus. Porém, também temos a maravilhosa promessa de que o Senhor estará conosco em toda e qualquer situação e nada pode nos separar do seu amor.

Vença os desafios que o impedem de desfrutar de uma comunhão maior e melhor com o nosso Salvador; desta forma você vai se manter motivado para atingir novas etapas da vida.
Para pensar
O que tem desmotivado o seu coração? Que desafio precisa vencer?

Josimar Gabriel da Rocha é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil